Mantenha-se atualizado com as últimas notícias

NEWS

ZULA Izako Boars é a campeã do Mundial 2018

Mundial de Zula, com premiação total de 100 mil dólares, terminou no último sábado. Na grande final, os turcos da WeMakeTheFuture enfrentaram os europeus da Izako Boars, diretamente do Point Hotel Barbaros em Istambul, Turquia.

E na estréia do campeonato internacional do FPS gratuito, os europeus levaram a taça da vitória pra casa.


Izako Boars começou no grupo B onde ficaram os mais difíceis desafiantes do campeonato: os turcos da Ice e da WeMakeTheFuture, respectivos primeiro e segundo colocados da região. Nessa fase, os Boars terminaram com 1 vitória sobre a Ice e, por incrível que pareça, uma derrota para a WeMakeTheFuture, ficando assim como segundo colocada do grupo.

Pelo cruzamento de tabela, eles enfrentariam a YouthCREW na semifinal, campeã do grupo A, desafio pelo qual passaram com facilidade. Vindo pela tabela de baixo, a WeMakeTheFuture passou pelos brasileiros da Black Dragons e a revanche estava ao alcance da Izako Boars, na MD5 da Grande Final.

A rodada começou com a vitória dos Boars em uma prolongada partida levada até o 16º ponto. Depois de superada a dificuldade, com mais confiança, a Boars tomou conta da rodada, fechando com um limpo 3 a 0 com direito ao placar de 10 a 1 na última partida.

Vale a pena destacar a participação do Incredible, da Izako Boars, que fez jus ao seu nick e além de fazer a diferença em todos os jogos, foi MVP na rodada contra a ICE.

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé e texto


A Izako Boars

Classificados como NETopery, a line foi patrocinada pela Izako Boars logo antes de ir para o Mundial. A organização polonesa foi criada por Piotr “izak” Skowyrski, famoso jogador de CS:GO.

Formação

Tomasz “ERMAC” Kapituła
Maciej “Doxiu” Głuc
Bartosz “barteklewl” Lewandowski
Przemysław “Miketsh” Ignaczak
Damian “Incredible” Dyl


Brasil no Mundial

Black Dragons, depois de vencer a Seletiva da América Latina sobre a Team One na Final Presencial em São Paulo, representou o Brasil no Mundial de Zula.

Eles tiveram um começo ótimo, contra a Vexed, segunda colocada européia, da qual venceram com facilidade no início das partidas da Fase de Grupos, começando inclusive com um 10 a 0. As coisas se complicaram no próximo embate com os turcos da YouthCREW onde, apesar da resistência brasileira, eles acabaram levando a melhor. Na semifinal, por ser o segundo colocado do grupo, o Brasil enfrentou a WeMakeTheFuture, onde foram eliminados do campeonato.

Fonte: http://esportsprobr.com.br